Paraibano “O fazedor de filmes” leva mais dois prêmios

Olá pessoal, mais um spam de boas novas, ehehhehe…

“Um Fazedor de Filmes…”, depois de premiado no CINEPORT, levou mais dois prêmios. Dessa vez foi no

CineEsquemaNovo em Porto Alegre. Lá, desde a seleção até a premiação

todos os filmes independente da bitola(vídeo ou película) concorrem juntos…

Parabéns! Logo mais, a premiação do festival tal e qual:

01.07.07 | CINEESQUEMANOVO 2007 ANUNCIA SEUS FILMES PREMIADOS ESTE ANO!
 
*** Veja a lista de premiados abaixo ***Após uma semana de muito cinema de todos os formatos, bitolas, linguagens e gêneros, com a exibição de exatos 100 filmes, em 69 sessões e 5 mostras diferentes, o CineEsquemaNovo 2007 – Festival de Cinema de Porto Alegre (CEN) anunciou os premiados de sua quarta edição na noite deste sábado (30/06) por volta das 23h na Sala P.F Gastal da Usina do Gasômetro.Foram 65 filmes integrantes das mostras competitivas do CEN, vindos de 11 Estados brasileiros. Antes da entrega dos prêmios, às 20h, foi realizada a pré-estréia lotada em Porto Alegre do longa-metragem “Baixio das Bestas”, com a presença do diretor Cláudio Assis.

*****

CONFIRA A RELAÇÃO DOS PREMIADOS, COM AS JUSTIFICATIVAS DO JÚRI OFICIAL E AS PONTUAÇÕES DOS VOTOS DO JÚRI POPULAR:

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – MELHOR FILME

“IGRREV”, de Carlos Magno (MG – captado em Mini-DV -15′ 37”)

Justificativa do júri: “Compre uma câmera”. Pela intervenção realizada em espaço do exercício do crer, pelo bombardeio perceptivo operado pela montagem e pela provocação cultural e política.

Prêmio: Além do Troféu, o escolhido receberá quatro horas de telecine off line, ou tape to tape da LINK DIGITAL para seu próximo trabalho.

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

“Le Même Chapeau Que Toi” – “O Mesmo Chapéu Que O Teu”, de Heron Ferreira (Bélgica – captado em Câmera Fotográfica Digital – 14’50’’)

Justificativa do júri: Pelo conciso e delicado registro de um processo de cura, pelo formato do cine-diário como aspecto íntimo do fazer cinematográfico.

e também:

“Material Bruto”, de Ricardo Alves Jr. (MG – captado em Mni-DV e FotoDig – 18min)

Justificativa do júri: “O sol há de brilhar mais uma vez”. Pela instauração de uma relação entre espectador e personagens que, em poucos e surpreendentes planos, coloca em xeque nossas percepções de normalidade.

Prêmio: Além do Troféu, os escolhidos receberão uma assinatura anual da Revista de Cinema.

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI POPULAR – PRIMEIRO LUGAR: MELHOR FILME

“Um Fazedor de Filmes”, de Arthur Lins e Ely Marques (PB – captado em Mini-DV) – média 9,177

Prêmio: Além do Troféu, o escolhido receberá R$ 4.000.00 em serviços da Quanta, para seu próximo trabalho.

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI POPULAR – SEGUNDO LUGAR

“Eletrodoméstica”, de Kleber Mendonça Filho (PE, captado em 35mm- 22’38” – Captado em 35mm) – média 9,021

Prêmio: Além do Troféu, o escolhido receberá R$ 2.000.00 em serviços da Quanta, para seu próximo trabalho.

***

LONGAS-METRAGENS – JÚRI POPULAR – MELHOR LONGA

“Conceição – Autor Bom é Autor Morto”, de Daniel Caetano, André Sampaio, Guilherme Sarmiento, Samantha Ribeiro e Cynthia Sims (RJ – captado em 16mm e 35mm – 78min) média 8,549

***

LONGAS-METRAGENS – PRÊMIO DA NOVA CRÍTICA (Júri Alunos da Oficina de Crítica Cinematográfica)

“Selva do Meu Desejo”, de Roberto Athayde (RJ – 135min – captado em Mini-DV e FotoDig)

Justificativa: Pelo retrato etnográfico despretensioso do norte / nordeste e por extrapolar os limites do documentário, atribuindo a ele um tom ficcional, o filme revela, através de um olhar sem estereótipos, um Brasil real ao longo da transamazônica.

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – PRÊMIO DE MELHOR ATUAÇÃO

OTÁVIO TERCEIRO, ator em “América – O Grande Acerto de Vespúcio”, de Rogério Sganzerla (SP – captado em Hi8 – 27min)

Justificativa do júri: “Maldito nevoeiro!”. Pelo poder da improvisação e do jogo na busca da construção de um personagem a partir de dados sumários de encenação.

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – PRÊMIO DE MELHOR PERSONAGEM REAL

IVANILDO, o diretor retratado no filme “O Fazedor de Filmes”, de Arthur Lins e Ely Marques (PB – captado em Mini-DV – 11’20”)

Justificativa do júri: Pela energia cativante, pela entrega ao ofício do cinema e pela crença na filosofia do “errar até acertar”.

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – PRÊMIO DE EXPERIMENTAÇÃO TÉCNICA EM DIREÇÃO

“Eletrodoméstica”, de Kleber Mendonça Filho (PE – captado em 35mm -22’38”)

Justificativa do júri: “A doce vida tecnológica”. Pela excelência na utilização da linguagem cinematográfica na construção do imaginário de uma personagem que faz delirar sua vida cotidiana.

Prêmio: Além do Troféu CineEsquemaNovo, recebe 4 horas de TELECINE OFFLINE ou TAPE TO TAPE da LINK DIGITAL (RJ), para o seu próximo trabalho

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – PRÊMIO DE EXPERIMENTAÇÃO TÉCNICA EM CONCEPÇÃO ARTÍSTICA

“Éternau”, de Gustavo Jahn (RS – captado em 16mm – 21min)

Justificativa do júri: “Decifra-me ou te devoro”. Pelo convite à aventura, num caleidoscópio de referências iconográficas e cinematográficas, sobrepondo épocas e formas artísticas distintas.

Prêmio: Além do Troféu CineEsquemaNovo, recebe 3 diárias de Câmera Panasonic HVX 200, pela FIRMA FILME (RS), para o seu próximo trabalho

***

CURTAS E MÉDIAS – JÚRI OFICIAL – PRÊMIO DE EXPERIMENTAÇÃO TÉCNICA EM DESENHO

“Eu Sou Como o Polvo”, de Sávio Leite (MG – captado em Mni-DV – 4min)

Justificativa do júri: Pela materialização da expressão da personalidade de Lourenço Mutarelli na composição de um auto-retrato.

***

TROFÉU CINEESQUEMANOVO – JÚRI EQUIPE ORGANIZADORA DO CEN 2007

1º Prêmio: CRISTINA AMARAL – coordenadora da Oficina de Montagem

Justificativa: Por sua espontânea contribuição em todas as atividades do festival, pela presença nas mostras, pelas idéias e experiências que espalhou entre seus alunos e conosco, indo muito além de sua participação como ministrante da Oficina de Montagem.

***

2º Prêmio: A Todos os Diretores de outros Estados que se deslocaram para Porto Alegre para o CEN 2007

Justificativa: Pela surpresa e motivação trazidas por suas presenças, apresentando e debatendo os filmes, discutindo todas as possibilidades do cinema e alimentando nossa discussão sobre novos rumos para a produção audiovisual brasileira.

***

MOSTRA SALA DE AULA – JÚRI POPULAR – PRIMEIRO LUGAR

“Um Filme Chamado Sfincter”, de Zeca Brito (RS – 15’30’’ – UNISINOS/RS -2006 / captado em Mini-DV ) – média de 9,04.

Prêmio: Além do Troféu CineEsquemaNovo, recebe 4 latas de negativo 16mm da Martins Produções (RS), para o seu próximo trabalho + 40 horas de edição de som da som de cinema (RS) e + 8 horas de mixagem de som na Téc. Áudio Gravações (RS), para o seu próximo trabalho.

***

MOSTRA SALA DE AULA – JÚRI POPULAR – SEGUNDO LUGAR

“Trem Fantasma”, de Sérgio Gomes (MG – 16 min – Uma Centro Universitário -UNA/MG – 2006 / captado em Mini-DV) – média de 8,96.

(fonte: http://www.cineesquemanovo.org/versao2007/novidades2007.php?id=1183262604)
Explore posts in the same categories: Matérias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: